ad

Posts Relacionados

10 Comentários

  1. 9

    João

    Boa tarde, tenho uma casa de madeira junto da praia, que para além da salinidade sofre bastante com os ventos que levantam areia contra a casa. Há coisa de 3 anos demos um primário á base de esmalte sintético que ainda dura, no entanto este ano a tinta aplicada por cima do primário, também de esmalte sintético, começou a escamar. Neste momento queria voltar a pintar a casa de uma outra côr , mas utilizando uma tinta que me oferecesse alguma durabilidade. Assim, gostava de saber o que me recomendariam.

    Responder
    1. 9.1
      Tintas e Pintura

      Tintas e Pintura

      Boa tarde João

      É natural que ao fim de algum tempo seja necessário voltar a pintar, o descascamento deve-se à deterioração da tinta devido a estar exposta a todo o tipo de agressões. Se pretende voltar a pintar deverá voltar a fazer como se fosse a primeira vez, ou seja; retirar todo o material existente, tratar da madeira, dar um primário indicado e voltar a pintar com esmalte para exterior.
      Aconselho-o a aplicar produtos de grande qualidade, de uma marca conceituada e que sejam compatíveis entre si, abaixo refiro como exemplo, produtos da CIN.
      Preparação de superfície:
      Assegurar que a madeira a pintar está seca. Preparar a madeira de modo que se apresente isenta de poeiras, gorduras e outros contaminantes. Aplicar duas demãos de Polyprep 410. Para madeiras previamente pintadas, em bom estado, desengordurar e lixar. Se a pintura não se encontrar em bom estado, removê-la por raspagem cuidadosa da madeira ou por meio de pistola de calor.
      Acabamento:
      Aplicar duas a três demãos do Esmalte Acrílico Brilhante ou Acetinado (nunca Mate no exterior). Contudo, nalgumas cores e nos casos em que a cor final contraste fortemente com a do suporte, é possível que seja necessário o uso do fundo de cobertura.
      Se tiver muitas dúvidas, vá a uma loja própria CIN e peça apoio técnico no local.

      Melhores cumprimentos e disponha sempre.
      Carlos Santana
      Tintas e Pintura

      Responder
  2. 8

    Tintas Pintura

    Resposta a J Santos;

    Obrigado pelo seu contacto.

    Já efectuou uma ótima avaliação aos problemas que necessitam ser resolvidos.
    Tem então dois problemas, um exterior e outro interior, o interior com problemas de condensação e o exterior paredes a precisarem de ser reparadas e isoladas.
    No meu blog pode encontrar artigos já publicados sobre todos este problemas e as melhores soluções, basta pesquisar e ler o que já escrevi.
    Repare que cada caso é um caso e por essa razão deve-se analisar muito bem a situação concreta, uma solução ótima para um caso pode não o ser para outra idêntica, mas que a casa se encontre numa zona completamente diferente, por exemplo uma casa junto ao mar terá sempre uma solução diferente de uma casa no interior do pais.
    Quanto à tinta membrana não deixar respirar as paredes essa é uma falsa questão, uma vez que esta tinta foi desenvolvida exactamente para fazer o contrário, ou seja este tipo de tinta tem uma dupla função, impermeabilizar e deixar respirar, tal como a pele de todos nós.
    Quanto ao interior também se deve fazer uma avaliação pormenorizada sobre o problema e resolvê-lo adequadamente, no entanto uma tinta de grande qualidade com um bom poder anti-fungos e anti-condensação é essencial para uma resolução temporária, mas só por si não resolve o problema estrutural da casa.

    Sempre ao seu dispor para qualquer outra questão.

    Carlos Santana
    Tintas e Pintura

    Responder
  3. 7

    JSantos

    Relativamente às tintas membranosas (ou tinta de borracha, correcto?), gostaria de vos colocar uma questão: a minha casa tem cerca de 40 anos, foi pintada 2 vezes, mas a última vez já há 28 anos e agora está mesmo a precisar de umas reparações e de uma boa pintura. O ideal, até por causa da temperatura e afins seria um sistema do género do cappoto, mas fica bastante caro, por isso tinha pensado apenas na pintura.
    Mas que tipo de tinta? duas das fachadas estão bastante rachadas, daí que me tenham falado de pintar com tinta membranosa, mas como a casa é toda de pedra de cima a baixo e não tem parede dupla, já me disseram que isso impossibilitaria que a casa respirasse devidamento.
    Aliás , no inverno o interior até fica com as paredes molhadas, quando se ligam os aquecedores e em alguns tectos e paredes ganha umas pintinhas pretas, que me disseram ser tudo causado pela condensação!
    Podem orientar-me?

    Responder
  4. 6

    Tintas Pintura

    Resposta a José Teixeira;

    Começo por lhe dizer que deveria ter começado a pintar a sua casa com uma tinta 100% acrílica e agora na repintura aplicar uma membrana elástica. Normalmente as membranas elásticas só devem ser aplicadas em repinturas, para que com a sua elasticidade preencham e ajustem-se às fendas e rachas que entretanto apareceram, e que são normais em construções novas.

    Sim, é possível pintar agora com uma tinta acrílica, de preferência 100% acrílica.

    No que diz respeito ao primário, pode ou não ser necessário, depende do estado em que se encontra a tinta velha e as paredes, no caso de ser necessário primário, o tipo a ser usado deve ser escolhido conforme o estado do atrás referido.

    Sempre ao dispor.

    Carlos Santana
    Tintas e Pintura

    Responder
  5. 5

    José Teixeira

    Bom Dia!
    Se for possível gostaria que me informassem o seguinte:
    tenho uma vivenda que de origem foi pintada com tinta de areia e membrana por cima há aproximadamente 4 anos. Agora gostaria de voltar a pintá-la mas com tinta acrílica. Pergunto se isso é possível e se for se necessita de um primário. Desde já agradeço a atenção dispensada e fico a aguardar a vossa resposta. Entretanto aproveito para enviar os meus melhores cumprimentos.
    José Teixeira.

    Responder
  6. 4

    Tintas e Pintura

    Resposta a Anónimo;

    Para pintar galvanizados existe uma tinta de esmalte de aplicação directa a galvanizados (veja GALVAMIL acima), sem necessidade de primário. Também pode pintar da forma mais tradicional, utilizando um primário e depois a tinta de esmalte normal.
    Numa loja de tintas encontrará todas essas soluções, é só escolher a que fica mais em conta ou que lhe der menor trabalho, ambas as soluções são boas. Compre produtos de uma marca com garantias dadas.

    Espero ter ajudado.

    Responder
  7. 3

    Anonymous

    Bom dia queria uma informação sobre em pintar tubo galvanizado rectangular queria que me informassem qual a melhor solução para tal é que tanto procuro e cada vez tenho mais duvidas. Pois queria anti ferrugem sem mais outro assunto agradecia, e obrigado muito bom dia

    Responder
  8. 2

    Tintas e Pintura

    Resposta ao Luís

    Gostaria-lhe de dizer que se a sua moradia foi pintada de origem com tinta membrana, não o deveria ter sido.

    A tinta membrana elástica é óptima mas aconselhada para repinturas, depois da casa ter dado de si e aberto as fissuras naturais, é aí que a membrana deve entrar para resolver esses problemas.

    De origem deve-se utilizar, no exterior, uma tinta plástica de base acrílica, lisa ou texturada.

    Agora pretende repintar a sua casa. Penso que poderá optar novamente pela membrana elástica, ou uma tinta plástica de base acrílica.

    Também gostava de lhe dizer que um (esfregaço) não é um primário. Um esfregaço é uma demão de tinta normal, muito diluída, mas não tem o efeito desejado de uma primário (selante ou fixador). Se quer, ou a casa precisa de um primário, use um primário verdadeiro.

    Em relação à marca a usar depende da sua carteira, pode aplicar produtos/marcas de qualidade certificada mas caros, ou produtos de marcas um tanto desconhecidas e por isso mesmo mais baratos.

    Eu aconselho sempre uma marca de confiança, mas cada pessoa é que deve tomar a sua decisão.

    Veja as fichas técnicas, de várias marcas/produtos que disponibilizo aqui no blogue, e tire alguma dúvida que ainda tenha.

    Responder
  9. 1

    Anonymous

    Bom dia ,

    Necessito esclarecimento e informação:

    Tenho uma moradia que foi pintada de origem à 10 anos com membrana no exterior.
    A pintura está seca, algumas fissuras poucas ,sem bolsas de ar e de um modo geral estou satisfeito com a qualidade da pintura.

    Pretendo pintar de novo com uma solução de qualidade , excelente durabilidade, resistente à agua e sujidades

    Tenho duvidas quanto ao primário ( esfregaço/tinta de agua?) a aplicar e opção entre membrana ou tinta acrilica.

    Assim agradeço V. conselho :

    – Tipo de primário ? – Rendimento pratico ( m2/L), Refª e Preço tabela
    – Membrana ou acrilica ? – Rendimento pratico ( m2/L), Refª e Preço tabela

    Grato pela V. atenção e aguardo V. notícias,

    Melhores cumprimentos,
    Luís Roseiro

    Tm 917702050

    Responder

Importante:

Se tem alguma questão técnica para nos colocar, consulte primeiro a nossa página “Base do Conhecimento”. Nesta página encontrará um grande número de questões que já foram respondidas.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *